Na estrada, cada curva, cada marca de borracha no asfalto é um memento mori, um lembrete da nossa própria mortalidade.

Imagem de Marcel Langthim por Pixabay

Viagens de carro sempre começam com uma estrada. O asfalto preto contrastando com as belas paisagens e muitos lugarejos que nunca veríamos se não fosse nosso desejo de ir a algum lugar. Porém, há algo…

Um conto

Foto de Kisetsu Co em Unsplash

Ela tinha por hábito esconder bilhetes nas minhas coisas. No meio do maço de cigarros, no bolso da jaqueta, entre as camisetas dobradas no armário. Já encontrei bilhetes nos lugares mais inusitados. Certa vez ela escondeu um dentro da caixa de chá, dobrado em meio aos envelopes coloridos que protegem…

A minha maior saudade nesses tempos esquisitos de isolamento social.

Foto de Kane Reinholdtsen em Unsplash

Uma noite escura, luz neon e uma garoa fina no ar. É um cenário que poderia ser do filme Blade Runner. Um segurança usando um terno dois números acima que o dele guarda uma porta de uma rua mal iluminada no Bairro da Liberdade. Você passa pela revista e entra…

Uma história de amor em poucas linhas.

Foto de xegxef no Pixabay

Espremeu-se pelos corredores apertados, imerso no barulho e um quase cego pelas luzes. Flanava olhando em todas as direções, mas parecia não haver nada ali para ele. Uma multidão de olhos estavam apontados em sua direção, até que um desses olhares capturou o seu. Então parou e, num instante, estava fisgado. “É este!”, disse enquanto apontava para a gaiola numerada e para o cão preto, cujo rabo abanava para ele.

“Vou levar este!”

Sobre mitologia arthuriana, Bernard Cornwell e meus livros favoritos.

Foto de Kevinsphotos em Pixabay.

Alguns períodos das nossas vidas são cruciais, os ditos anos de formação. Entre os meus mais importantes, a minha terceira infância, entre os seis e os nove anos, talvez tenha sido o mais importante.

Como já mencionei em outro texto, passei parte da minha infância na Inglaterra. Enquanto meu pai…

Um diálogo.

Foto por Milo Miloezger no Unsplash.

Pego meu expresso e dispenso o açúcar e o adoçante que a garçonete trouxe até a mesa. Olho o celular enquanto assopro o café e vejo um anúncio de um serviço de entrega de cafés especiais. Sorrio com o canto da boca e com uma pitada de desprezo.

“Eu fico…

Alexandre Aimbiré

Sociólogo de boteco, estudante de Letras, guitarrista ocasional, pai e leitor ávido de caixas de sucrilhos. Leio e escrevo sobre o que me dá na telha.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store